Em tempos que a música sertaneja se modernizou, suas raízes ainda permanecem com grande destaque e valor. É com esse intuito, que a Orquestra de Violeiros de Mauá trilha sua caminhada.      Com 27 anos de existência, a orquestra tem como objetivo maior a preservação da nossa verdadeira música sertaneja de raiz.      Na segunda noite do mês de agosto de 1990, 30 violeiros se reuniram no Salão Paroquial da Igreja de Nossa Senhora das Vitórias, em Mauá-SP, com o objetivo de ensaiar e cantar música sertaneja. Apoiados pelo Padre Fábio Faria de Oliveira, que estava à frente da comunidade, o grupo resolveu adotar o nome de "Orquestra de Violeiros de Mauá". Com o decorrer do tempo, outros violeiros foram sendo convidados a participar dos ensaios. Com quatro meses de sua criação, a orquestra já contava com 50 integrantes.

     Foi quando, em 02 de dezembro do mesmo ano, participaram da primeira missa, tocando, cantando e animando a celebração. Logo surgiram convites: primeiro de outras comunidades de Mauá; depois de cidades vizinhas, do interior de São Paulo e de outros estados. Após um ano de existência, a orquestra já tinha mais de 100 integrantes, com violões, violas, sanfonas, berrantes, contrabaixo, percussão e outros instrumentos.

     A Orquestra de Violeiros de Mauá, nascida dentro da igreja, vem conquistando espaços e expandindo sua arte. Se apresenta com frequência em festas populares, teatros, asilos, hospitais, praças públicas, na televisão (TV Cultura, Globo, Record, TV Bandeirantes, CNT, Rede Vida, Canal Rural, etc), garantindo também espaço em jornais, revistas e rádios. Nesses 25 anos de carreira, o grupo acumula milhares de apresentações em diversos cantos deste país, viajamos por mais de 150 cidades entre o interior de São Paulo e o Sul de Minas Gerais. Totalizando mais de 1.100 apresentações.

     A Orquestra de Violeiros de Mauá foi tombada pelo CONDEPHAAT-MAUÁ (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico de Mauá), como patrimônio imaterial no ano de 2010. (http://www.maua.sp.gov.br/CondephaatMA/Default.aspx ).

     Com seis discos gravados, a orquestra conta com um repertório variado de músicas sertanejas raiz, entre as quais encontramos clássicos do gênero como: Saudade de Minha Terra, Menino da Porteira, O Último Julgamento, Chico Mineiro, Cabocla Tereza, Asa Branca, Índia e muitos outros clássicos. Em suas apresentações, além da música de raiz, consta também no repertório as músicas Sacras.

     Além do nosso trabalho musical reconhecido nacionalmente, a Orquestra de Violeiros de Mauá periodicamente realiza projetos de teatro, são musicais, onde misturamos atuação dos próprios integrantes da Orquestra, com músicas sobre o tema que a peça teatral abordar. Essas peças são idealizadas, escritas e produzidas pela própria Orquestra de Violeiros de Mauá, pelo nosso diretor de teatro Dedé de Lira, e por toda a equipe de arte.

     Ao longo desses anos, a orquestra foi regida por diversas pessoas ligadas ao grupo. Joelson de Moura Franco, hoje, Roger, da dupla Roger & Rogério foi um dos regentes da Orquestra, assim como outros integrantes do próprio grupo.

     O atual regente é José Manoel Lira que divide a regência com Diogo dos Santos, como segundo regente. A presidência do grupo fica por conta de Enéas Alves de Souza. É importante salientar que nos ensaios há sempre um espaço dedicado à reflexão da Palavra de Deus e à Oração, afinal nada mais justo que louvar e agradecer àquele que inspira esta melodia de união, fraternidade, criatividade e fé no trabalho e na arte!!!

     Nossos ensaios: toda quinta-feira, das 19:30 às 21:30hs, no Salão Paroquial da Igreja de Nossa Senhora das Vitórias, que fica na Av. da Saudade, 814, Vila Vitória, Mauá-SP



QUEM SOMOS

© 2018 por Orquestra de Violeiros de Mauá

Contato para Show: (11) 96898-7449